Angela Natel On quinta-feira, 1 de outubro de 2015 At 07:43

1 - Fariseus se gloriam em sua ligação com homens espirituais:
“E não presumais de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão” (Mateus 3:9)
2 - Fariseus se gloriam na sua justiça exterior:
Jesus disse: "Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e dos fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus" (Mateus 5:20)
3 - Fariseus não se misturam com pessoas pecadoras:
"Os fariseus disseram para os discípulos de Jesus: Por que o seu Mestre está comendo com pecadores" (Mateus 9:11).
4 - Fariseus são ascéticos:
"Por que os fariseus jejuam, mas os Seus discípulos não jejuam?" (Mateus 9:14).
5 - Fariseus são muito críticos dos outros em questões pequenas:
"Os fariseus disseram a Jesus: 'Os Seus discípulos fazem o que não é permitido fazer no sábado'" (Mateus 12:2).
6 - Fariseus vivem de regras:
“E havia ali um homem com a mão mirrada. E eles questionaram Jesus, perguntando: “É lícito curar no sábado? “‟ – para que pudessem acusá-Lo” (Mateus 12:10).
7 - Fariseus são motivados pela inveja e pelo ódio:
“Os fariseus saíram e conspiraram contra Jesus, como eles poderiam destruí- Lo” (Mateus 12:14)
8 - Fariseus são desconfiados e supõem o pior das outras pessoas:
“Os fariseus disseram: „Este homem expulsa demônios senão por Belzebu, o principal dos demônios‟” (Mateus 12:24)
9 - Fariseus são muitos descuidados em suas palavras:
“Os fariseus disseram: „Este homem expulsa demônios senão por Belzebu, o principal dos demônios‟” (Mateus 12:24).
10 - Fariseus negligenciam suas responsabilidades familiares em nome da religião:
“Por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da sua tradição? Porque Deus disse: „Honra a teu pai e a tua mãe ...‟. Mas vocês dizem: „Qualquer que disser ao seu pai ou a sua mãe: „Tudo o que eu tenho que poderia te ajudar foi dado para Deus‟, ele não tem de honrar seu pai ou sua mãe” (Mateus 15:1-9)
11 - Fariseus ficam facilmente ofendidos:
“Os discípulos se aproximaram e disseram a Jesus: „Você sabe que os fariseus ficaram ofendidos quando ouviram essas palavras?‟ Jesus disse: „Deixe-os sozinhos‟” (Mateus 15:12-14)
12 - Fariseus são espiritualmente cegos:
Jesus disse: “Eles são guias cegos. E se um homem cego guiar outro homem cego, ambos cairão na cova” (Mateus 15:14)
13 - Fariseus são hipócritas:
“Cuidado com o fermento dos fariseus que é a hipocrisia” (Lucas 12:1).
14 - Fariseus procuram pegar os outros nas suas palavras:
“Alguns fariseus foram ter com Jesus, tentando-O e perguntando: „É lícito ao homem se divorciar de sua mulher por qualquer motivo? (Mateus 19:3)
15 - Fariseus são duros de coração:
“Este povo Me honra com seus lábios, mas seu coração está longe de Mim” (Mateus 15:8)
16 - Fariseus não podem apreciar louvor alto em público:
“Quando os principais dos sacerdotes e os escribas viram as crianças gritando: „Hosana ao Filho de Davi‟, eles ficaram indignados” (Mateus 21:15)
17 - Fariseus têm conhecimento sem obediência:
Jesus disse: “Os fariseus têm se sentado na cadeira de Moisés; portanto tudo o que eles disseram a vocês, façam e observem, mas não façam de acordo com suas obras; porque eles dizem e não fazem” (Mateus 23:2,3)
18 - Fariseus não praticam o que ensinam:
“Fariseus dizem coisas e não as fazem” (Mateus 23:3)
19 - Fariseus atam fardos pesados sobre os outros:
“Eles atam fardos pesados e os colocam nos ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a movê-los nem com um dedo” (Mateus 23:4)
20 - Fariseus buscam a honra dos homens:
“Os fariseus fazem suas obras para serem vistos pelos homens” (Mateus 23:5).
21 - Fariseus pensam que a santidade está no estilo de roupa de alguém:
“Os fariseus alargam seus filactérios (pequenas caixas contendo texto da Escritura usadas na testa) e alongam as franjas dos seus vestidos” (Mateus 23:5)
22 - Fariseus gostam de posições e títulos de honra:
“Eles gostam de sentar-se à mesa principal em jantares da igreja, ficando na posição mais proeminente, orgulhando-se no esplendor do elogio público, recebendo títulos honoríficos, e ser chamados de „Doutor‟ e „Reverendo‟. Não deixe as pessoas fazerem isso com você, colocá-lo num pedestal dessa forma” (Mateus 23:6-8 – Tradução Mensagem).
23 - Fariseus corrompem os outros:
“Aí de vocês, fariseus, porque vocês fecham às pessoas o reino dos céus; porque vocês mesmos não entram nem permitem entrar aqueles que estão entrando” (Mateus 23:13).
24 - Fariseus tiram proveito [abusam] de pessoas pobres:
“Aí de vocês, fariseus, porque vocês devoram a casa das viúvas” (Mateus 23:14)
25 - Fariseus oram longas e impressionantes orações em público:
“Aí de vós, fariseus, porque, para o justificar, fazem longas orações; por isso sofrereis maior condenação” (Mateus 23:14).
26 - Fariseus fazem trabalho missionário e tornam as pessoas duas vezes filhas do inferno:
“Aí de vocês, fariseus, porque vocês percorrem o mar e a terra para fazer um prosélito e quando o fazem vocês o tornam duas vezes mais filho do inferno do que vocês mesmos” (Mateus 23:15)
27 - Fariseus interpretam as Escrituras sem a revelação de Deus:
“Aí de vocês, guias cegos, que dizem: „Qualquer que jurar pelo templo não é nada; mas qualquer que jurar pelo ouro do templo está obrigado‟. Seus tolos e cegos! Qual é mais importante: o ouro ou o templo que santifica o ouro? E „Qualquer que jurar pelo altar não é nada, mas qualquer que jurar pela oferta que está sobre o altar está obrigado‟. Cegos, qual é mais importante: a oferta ou o altar que santifica a oferta? Portanto, qualquer que jurar pelo altar jura por ambos: pelo altar e por tudo o que está sobre ele. E qualquer que jurar pelo templo jura por ambos: pelo templo e por Aquele que nele habita. E Qualquer que jurar pelo céu jura por ambos: pelo trono de Deus e por Aquele que se assenta sobre ele” (Mateus 23:16-22)
28 - Fariseus são defensores da letra da lei:
“Vocês fariseus dizimam a hortelã, o endro e o cominho e negligenciam as disposições mais importantes da lei” (Mateus 23:23).
29 - Fariseus não têm nenhuma justiça, nenhuma misericórdia e nenhuma fidelidade:
“Vocês fariseus negligenciam as disposições mais importantes da lei: justiça e misericórdia e fidelidade; mas essas são as coisas que vocês deveriam fazer…” (Mateus 23:23)
30 - Fariseus coam mosquitos e engolem camelos:
“Vocês fariseus, hipócritas e guias cegos – que coam mosquitos e engolem camelos!” (Mateus 23:24).
31 - Fariseus se concentram somente em ter um bom testemunho exterior:
“Vocês fariseus limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro estão cheios de roubos e de autoindulgência. Vocês fariseus cegos, primeiro limpem o interior do copo e do prato, de modo que o lado de fora também fique limpo” (Mateus 23:25, 26)
32 - Fariseus dizem que eles nunca teriam feito o mal que os outros fizeram:
“Vocês fariseus constroem os sepulcros dos profetas e adornam os monumentos dos justos e dizem: „Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais, não teríamos sido parceiros deles para derramar o sangue dos profetas‟” (Mateus 23:29,30)
33 - Fariseus perseguem os profetas de Deus:
“Eu estou lhes enviado profetas … A alguns deles vocês irão matar e crucificar, e a outros deles vocês irão açoitar nas suas sinagogas, e persegui-los de cidade em cidade, para que sobre vocês caia a culpa de todo sangue justo derramado na terra, desde o sangue do justo Abel até o sangue de Zacarias, o filho de Baraquias, que vocês assassinaram entre o templo e o altar” (Mateus 23:34,35)
34 - Fariseus se importam muito com as opiniões das pessoas:
“O batismo de João, de onde era? do céu ou dos homens? E os fariseus começaram a arrazoar entre eles, dizendo: „Se nós dissermos: „Dos homens‟, nós tememos o povo, porque eles consideram João como um profeta” (Mateus 21:25-27)
35 - Fariseus amam dinheiro:
“Os fariseus eram amantes do dinheiro” (Lucas 16:14)
36 - Fariseus imaginam que são melhores do que os outros:
“Jesus falou esta parábola para algumas pessoas que viam os outros com desprezo: Dois homens subiram ao templo para orar, um fariseu ... que orava para si mesmo: „Deus, eu Te agradeço, porque eu não sou como as outras pessoas” (Lucas 18:9-11)
37 - Fariseus confiam na sua própria justiça:
“Ele também disse esta parábola para alguns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos” (Lucas 18:9)
38 - Fariseus menosprezam os outros:
“Jesus falou esta parábola para algumas pessoas que olhavam os outros com desprezo” (Lucas 18:9).
39 - Fariseus exaltam-se sobre os outros:
“Este cobrador de impostos foi para sua casa justificado, e não o fariseu – porque qualquer que se exaltar será humilhado” (Lucas 18:14)
40 - Fariseus se gabam de suas realizações:
“Deus, eu Te agradeço porque não sou um trapaceiro, ou injusto, ou um adúltero. Jejuo duas vezes por semana; pago o dízimo de tudo que eu tenho...” (Lucas 18:11,12).
41 - Fariseus acusam os outros:
“Os fariseus trouxeram uma mulher apanhada em adultério e, colocando-a no centro, disseram-Lhe: „Mestre, esta mulher foi apanhada em adultério, no próprio ato. Na lei Moisés nos mandou apedrejar tais mulheres; o que então Você diz?‟ Eles estavam dizendo isso, tentando-o, para terem motivos com que acusá-Lo” (João 8:3-6)
42 - Fariseus imaginam que Deus é seu Pai quando, na verdade, Satanás é seu pai:
Jesus disse-lhes: “Se Deus fosse seu Pai, vocês me amariam ... Vocês são do seu pai, o diabo, e querem fazer os desejos de seu pai” (João 8:42,44).
43 - Fariseus são mentirosos e assassinos:
Jesus disse: “Vocês são de seu pai, o diabo, e querem fazer os desejos de seu pai. Ele foi homicida desde o início e não se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele fala mentira, fala do que lhe é próprio, porque ele é mentiroso e pai da mentira” (João 8:44)
44 - Fariseus perseguem aqueles que não os escutam:
“Os fariseus disseram a ele (o homem cego que fora curado): „Você nasceu todo em pecado e está nos ensinando?‟ Então eles o expulsaram (da sinagoga)” (João 9:34)
45 - Fariseus são invejosos daqueles que podem fazer milagres que eles (fariseus) não conseguem fazer:
“Os fariseus disseram: „O que estamos fazendo? Porque este homem está operando muitos milagres‟. Daquele dia em diante, eles planejaram juntos como matá-Lo” (João 11:47,53)
46 - Fariseus julgam pessoas piedosas por não fazer alguma coisa que eles fazem:
“Os fariseus disseram: „Este homem não é de Deus, porque Ele não guarda o sábado‟” (João 9:16)
47 - Fariseus testam Deus pedindo a Ele sinais:
“Os fariseus disseram a Jesus: “Mestre, queremos ver um sinal de Você” (Mateus 12:38)
48 - Fariseus não têm nenhuma preocupação com os pecadores perdidos:
“Os fariseus disseram: „Esta multidão, que não conhece a Lei, é maldita‟” (João 7:49)
49 - Fariseus valorizam suas tradições mais do que a Palavra de Deus:
“Jesus disse aos fariseus: „Vocês são especialistas em pôr de lado o mandamento de Deus, a fim de manter sua tradição‟” (Marcos 7:9)
50 - Fariseus justificam-se:
“Jesus disse aos fariseus: Vocês são aqueles que justificam a si mesmos aos olhos dos homens, mas Deus conhece seus corações; pois o que é muito estimado entre os homens é detestável aos olhos de Deus” (Lucas 16:15)
As palavras finais de Jesus para os fariseus são temíveis: “Vocês serpentes, raça de víboras, como escaparão da condenação do inferno?” (Mateus 23:33).
Como temos um reino que não pode ser destruído, vamos agradar a Deus, servindo a Ele com corações gratos e com santo temor e reverência. Porque Deus é um fogo consumidor. Assim, continuem a amar uns aos outros com verdadeiro amor fraternal” (Hebreus 12:28 a 13:1)
Farisaísmo é como pus em um furúnculo infectado na sua pele. Ao espremer o pus a cada dia, você encontrará mais e mais pus até que esteja completamente limpo. Assim, devemos espremer todo o farisaísmo de dentro de nós, até que não reste mais nada.
Que o Senhor nos ajude a andar neste caminho todos os dias da nossa vida, a fim de que possamos ter uma abundante entrada no Seu reino um dia.
(Translation of the book “Fifty Marks of Pharisees”) Zac Poonen - DIREITOS AUTORAIS [“Copyright by Zac Poonen”]

fonte do post: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1643564135921498&id=1583225945288651&substory_index=0

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.