Angela Natel On terça-feira, 7 de abril de 2015 At 06:22


Existem algumas diferenças entre os cristãos da tradição reformada, os que se originaram com a ruptura no séc XVI e os cristãos de tradição Romana, popularmente conhecidos no Brasil como CATÓLICOS, mas nenhuma delas é mais marcante, mais gritante, alias, diria até que nada nos diferencia mais que a doutrina Católica romana de conferir à Maria de Nazaré, o status de mãe de Deus.
Durante muito tempo anos, protestantes acusamos os Romanos de idolatria ao terem dado figura de Maria de Nazaré, o status de único acesso genuíno à jesus, visto que por meio de seu ventre, Deus se fez homem na terra, por tanto, segundo a mentalidade romana, Deus tem um carinho especial por maria desde antes de seu nascimento ao ponto de fazer dela, portal entre o infinito e o finito, entre o eterno e o corruptível e assim, para alguns católicos (doravante, chamados por mim, como romanistas) por meio dela, o finito acessaria o infinito, os homens corruptíveis acessariam a esfera da eternidade, num caminho inverso ao que Deus fez.
Nós, protestantes, entretanto, não cremos que a um ser humano pode ser dado o status de mãe de Deus (pois seria uma contradição logica) e muito menos que a este mesmo ser humano, possa ser conferido a honra de ser ACESSO ao Deus que se fez homem… Nos não nos dobramos a esse tipo de estratégia anti-cristã e idólatra. Não consideramos ninguém maior que Deus e nem consideramos que para acessar Deus, precisamos de qualquer outra pessoa, visto que se há alguém que intermediá o acesso a Deus podendo liberar ou vetar esse acesso, bem, aí, essa pessoa é superior a Deus… Nos somos salvos e remidos, somos separados dos idolatras que não compreendem Deus, que não entendem a graça e o poder infinito do onipresente, onisciente e onipotente Deus… Nós, cristãos protestantes, temos nossa própria mãe, nossa própria santa, que não é uma mulher, mas a ORTODOXIA.
Temos plena certeza na graça de Deus, desde que o agraciado não tenha nenhuma atitude que contrarie nossa mãe Ortodoxia… Cremos que Deus pode tudo, a não ser que o alvo do seu poder seja algum heterodoxo que tem praticas que contraria a honra de nossa mãe e único e verdadeiro acesso ao nosso pai… Entendemos que todo que declara o nome de jesus está apto a acessar o reino de Deus tão logo aceite também a ortodoxia, a unica maneira pela qual não poderá ser enganado.
Assim, diferente dos idolatras católicos, nós continuamos a ser ninados por nossa mãe de maneira que nenhum mal possa nos acontecer e estamos dispostos a matar ou morrer em nome de sua honra e de sua eterna gloria sem deixar que nenhum herege desgraçado tenha condições de sujar o seio do santíssimo coração da ortodoxia.


fonte: https://medium.com/@crentassos/%C3%A0-nossa-m%C3%A3e-80c2d152408c

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.