Angela Natel On quinta-feira, 31 de maio de 2012 At 07:10
Caros leitores, a tirinha acima foi para demonstrar o perigo de se usar texto fora do seu contexto. Sabemos-nos pelo contexto que quando “Jesus disse Pai, perdoa-lhes porque eles não sabem o fazem...” (Lc 23.34) ele estava se referindo aqueles que o estavam crucificando e não aos noivos. Sei que é risível, mas ao mesmo tempo preocupante, posto que isso vem acontecendo dentro da igreja por expositores que não tem de fato compromisso com a Palavra de Deus.

Desde a minha época de faculdade que venho ouvindo a frase: “Texto fora do contexto é pretexto para uma heresia”. E de fato isso é uma grande verdade. As pessoas decoram uma série de versículos e os verbalizam adequando-os no seu contexto, mas se esquecem que o escritor o registrou em outro contexto. E isto é mais comum do que se pode imaginar.

Vez por outra ouço na igreja: “Tudo posso naquele que me fortalece”. Este versículo fora do contexto é ma frase triunfalista, de alguém que pode conquistar seus alvos, que pode obter todas as coisas. Por esta razão, este versículo é o mais repetido pelos pregadores da teologia da prosperidade, que apregoam a idéia do super crente. “Você pode ter saúde, você pode ter dinheiro, você pode ter sucesso... tudo posso naquele que me fortalece!”

Mas será que era essa a intenção de Paulo quando registrou tais palavras? Vejamos o contexto: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece. Todavia, fizestes bem, associando-vos na minha tribulação.” (Fp 4.11-14)

Paulo estava dizendo que: quer eu seja humilhado, quer eu seja honrado, quer eu esteja na fartura, quer eu esteja na fome, quer eu esteja na abundância, quer eu esteja na escassez, “tudo posso naquele que me fortalece”. Em outras palavras ele estava dizendo “tudo posso suportar”.

Outro bastante usado é: “Somos mais do que vencedores”. Usado fora de seu contexto, esta frase transmite a falsa idéia de que a vida do crente “é só vitória”, como costumam dizer alguns. Mas o apóstolo Paulo especificou em quais situações é que somos mais do que vencedores. O versículo completo diz o seguinte: “Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.” (Rm 8.37). “Em todas estas coisas...” Quais coisas? A resposta, bem como o entendimento para este versículo, está em seu contexto:

“Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.” (Rm 8.35-37)

Ao contrário de uma vida isenta de lutas e sofrimento, o apóstolo Paulo declara que somos mais do que vencedores nas seguintes circunstâncias: Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, ou espada. E, qual a nossa vitória, em meio a tantas adversidades? Novamente, o contexto nos responderá:

“Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!” (Rm 8.37-39)

A nossa grande vitória é não duvidar deste amor que Deus tem por nós, provado em nosso Senhor Jesus Cristo. Ainda que venha tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, ou mesmo a morte, nada poderá nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!



Fonte: Anderson Ribeiro em seu blog

http://libertosdoopressor.blogspot.com.br/2012/05/textos-fora-do-contexto.html

2 comentários:

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
http://commandercialisfer.lo.gs/ vente cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ costo cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.