Angela Natel On quinta-feira, 12 de abril de 2012 At 08:36
Trocaram o clássico, “curados em nome de Jesus” por, “venha o reino e sejam todos curados [caso contrário, só se não tiver fé ou estiver em pecado]”.

Isso mesmo!

Dentre muitas coisas esquisitas [transferência de unção, cobertura espiritual, apóstolos e até novos patriarcas, pastores sacerdote, sacrifícios de fé - só que em forma de dinheiro - reconstrução de templos, ministérios levíticos e mil e um outros dógmas], existe mais uma que diz que crente só fica doente [ou não é curado] porque não tem fé suficiente em Deus. Dizem que a fé nos cura de todas as doenças, pois no reino do céu não existe enfermidade.

A treta é que têm um montão de crente enchendo os hospitais – crentes de todas as denominações. Mas segundo esta doutrina, crentes nestas condições ficaram expostos a uma ação maligna porque pecaram contra Deus ou porque não têm fé suficiente.

Inevitável!
Pois quando um desses prosélitos fica doente, é crise na certa – crise de fé. Pela falta de cura, decepcionam-se com tudo e todos – ninguém escapa. Dai em diante vem a rejeição sobre qualquer assunto. E se alguém quiser tentar apresentar o verdadeiro evangelho, terá que lidar com um problema maior.

Mas graças a Deus por nosso Senhor Jesus Cristo e também pelo Espírito Santo.

O problema está na falta de conhecimento das “escrituras e do poder de Deus”.

Desconhecem que Eliseu, o profeta, padecia da enfermidade que o levaria a morte [2RS 13.14].

Desconhecem o problema estomacal e as freqüentes enfermidades [isso mesmo: freqüentes enfermidades], de Timóteo [1TM 5.23].

Desconhecem o tal amigo de Paulo, Trófimo, que havia sido deixado por Paulo em Mileto [2TM 4.20].

Desconhecem o próprio espinho da carne de Paulo, que apesar de suas orações e súplicas, não fora atendido por Deus – continuou padecendo desse mal [2CO 12.7-9].

Desconhecem a tal doença de Paulo que era evidente para os gálatas [GL 4.14].

Desconhecem que Epafrodito estava mortalmente doente quando fora visitar Paulo em Filipos [FL 2.26-27].

Desconhecem os sofrimentos de Jó [JÓ 2.7-8]; a cegueira de Isaque [GN 27.1].

Isso mesmo!
Homens fiéis e santos também foram vítimas de enfermidades.

Sugiro que continuem a pesquisa.

Saibam que doenças nem sempre significam a falta de fé.

Saibam que Deus é soberano e, neste sentido, se reserva o direito de curar a quem Ele quiser. Ele não é escravo dos desejos e frustrações humanas, nem das modas de doutrinas esquisitas. Mesmo assim, sempre orarei pedindo a Deus pela cura, de mim mesmo, da minha família e meus familiares, e também de todas as pessoas. Mas não apoiarei a fé que tenho nEle pela cura que poderá ou não se realizar.



Fonte: Tropical


http://libertosdoopressor.blogspot.com.br/2012/04/mais-uma-doutrina-de-um-outro-evangelho.html

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.