Angela Natel On terça-feira, 6 de março de 2012 At 05:59

Família e amigos estão pedindo que toda a comunidade cristã do mundo se uma em oração pela vida de Abune Atonions, um líder cristão de uma igreja ortodoxa na Eritreia que está em prisão domiciliar desde 2007.

Na segunda-feira, 27 de fevereiro, Abune Antonions, que sofre com a diabetes e tem oitenta anos de idade, desmaiou em sua pequena casa, na qual está sendo mantido preso. Fontes confiáveis da Portas Abertas disseram que ele foi levado ao Hospital Orota, em Asmara, sob forte esquema de segurança.
Ele já voltou para sua casa, mas permanece em estado crítico de saúde. Os cristãos locais temem por sua vida. A Portas Abertas entende que embora eles tenham recusado assistência médica no passado, ele já está sendo melhor tratado atualmente, pois foi transferido para um hospital.
O governo da Eritreia tirou Antonions da liderança de sua igreja no início de 2006, e colocaram um substituto em seu lugar, que é Dioscoros Abune, que assumiu em maio de 2007. Antonions desde então foi colocado em prisão domiciliar.
Os líderes da igreja ortodoxa da Eritreia são nomeados por um patriarca da Igreja Ortodoxa do Egito. É uma nomeação para toda a vida. Por essa razão, muitos membros da igreja não reconhecem Dioscoros como líder, pois foi nomeado pelo Estado.
Ore pelos seguintes pontos
• Para que o Senhor dê paz para Abune Antonions para que ele enfrente essas difíceis situações.
• Ore para que o governo continue concedendo assistência médica.
• Para que Abune Antonions não sofra mais nenhum tipo de dor.
Nesse final de semana acontecerá o Shockwave, em evento para orarmos pelos nossos irmãos que sofrem com a perseguição religiosa. Para saber mais, acesse:www.underground.org.br/shockwave

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.