Angela Natel On domingo, 14 de agosto de 2011 At 05:41



O orgulho é a fonte de todas as fraquezas, por que é a fonte de todos os vícios.”

Dois homens olharam através das grades da prisão; um viu a lama, o outro as estrelas.”

A angústia de ter perdido, não supera a alegria de ter um dia possuído”

Ter fé é assinar uma folha em branco e deixar que Deus nela escreva o que quiser.”

Se não podes entender, crê para que entendas. A fé precede, o intelecto segue.”

Todos te consultam sobre o que querem, mas nem todos ouvem sempre o que querem”.

Servo fiel é aquele que não espera ouvir de ti o que desejaria ouvir, mas antes deseja aquilo que ouve de ti”.

porque se eu não permanecer Nele, tampouco poderei permanecer em mim”.

Basta mergulhar nas paixões, isto é, nas trevas, para ficar longe de tua face”.

Tão cegos são os homens, que chegam a gloriar-se da própria cegueira”.

Sem Ti, o que sou eu para mim, senão um guia a caminho do abismo?”

Pois a amizade só é verdadeira quando une pessoas ligadas a ti pelo ‘amor derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado’ ”

O mundo é um livro, e quem fica sentado em casa lê somente uma página.”

“A medida do amor é amar sem medida.”

Fizeste-nos, Senhor, para ti, e o nosso coração anda inquieto enquanto não descansar em ti.”

Na procura de DEUS é ELE quem se adianta e vem ao nosso encontro.”

O pecado é, amor de si mesmo, até o desprezo de Deus.”

Ama e faz o que quiseres. Se calares, calarás com amor; se gritares, gritarás com amor; se corrigires, corrigirás com amor; se perdoares, perdoarás com amor. Se tiveres o amor enraizado em ti, nenhuma coisa senão o amor serão os teus frutos”.

Deus é mais íntimo a nós que nós mesmos”.

“Deus não será maior se o respeitas, mas tu serás maior se o servires. “
Quereis cantar louvores a Deus? Sede vós mesmos o canto que ides cantar. Vós sereis o seu maior louvor, se viverdes santamente.”


DOUTOR DA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA Aurélio Agostinho nasceu em Tagasta, cidade da Numídia, de uma família burguesa, a 13 de novembro do ano 354. Seu pai, Patrício, era pagão, recebido o batismo pouco antes de morrer; sua mãe, Mônica, pelo contrário, era uma cristã fervorosa, e exercia sobre o filho uma notável influência religiosa.

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.