Angela Natel On sexta-feira, 10 de junho de 2011 At 06:44

If you are interested I am trying to generate a little discussion about the identity of the Angel of the Lord in the OT, and the implications of this for our Christology over at the Coffee Bible Club blog - http://bibleandcoffee.blogspot.com/2009/05/whatever-happened-to-angel-of-lord.html .

The painting, by Caravaggio, is of that test case of one's biblical theology.

And, by the way, Bob Godfrey's biography of Calvin (John Calvin: Pilgrim and Pastor available here ( http://www.amazon.co.uk/John-Calvin-Pilgrim-Robert-Godfrey/dp/1433501325/ref=sr_1_8?ie=UTF8&s=books&qid=1242230574&sr=1-8 ) and here ( http://www.wtsbooks.com/product-exec/product_id/6220/nm/John+Calvin:+Pilgrim+and+Pastor+(Paperback) )[with sample pages] andhere - http://www.wscal.edu/bookstore/store/details.php?id=2183 ) is a cracking read. Accessible, moving, brisk, informative. Gives you a great handle on the man, his times, his rich theological reflections, and the controversies he faced.

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.