Angela Natel On quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011 At 06:40


os pobres






Calma calma! explico já o que é xafarote.

Trata-se de um inseto parecido com uma vespa que no Ceará e em bom cearenses apelidamos oMarimbondo de xafarote insetinho perigoso que faz sua casa nos lugares mais inesperados , maioria das vezes dentro de casa ou bem proximo


Marimbondo, definição imprecisa, mas que usualmente remete a várias famílias dos insetos himenópteros, também conhecidos como vespas;

Mas nao quero me deter em explicar detalhes sobre o inseto e seu veneno mas que ninguem queira levar um beijo (ferruada) desse inseto pois alem de doer bastande tambem incha deformando o local afetado.

Sei que o assunto que irei abordar causa espanto e reaçoes enfurecidas imediatamente mas queria transmitir algumas informaçoes colhidas em varias literaturas:

Você sabia que o dízimo foi cobrado pela igreja só depois de 500 anos da partida de Jesus?
Foi introduzido, embora com pouco êxito inicial, no Concílio local de Mâcon, no ano 585. Apenas uns duzentos anos após isso é que ganhou força, passando a ser considerado tributo obrigatório à Igreja Católica (por Carlos Magno, de 777 d.C). Portanto, para aceitarmos a prática do dízimo, principalmente com o grande desvio de finalidade como vemos hoje, teremos que desprezar o estudo da Bíblia e também a história da Igreja, incluindo os apóstolos e os pais da Igreja, os líderes dos primeiros séculos da história do Cristianismo.
"Os que possuem alguma coisa e queiram, cada um conforme sua livre vontade, dão o que bem lhes parece, e o que foi recolhido se entrega ao presidente. Ele o distribui a órfãos eviúvas, aos que por necessidade ou outra causa estão necessitados, aos que estão nas prisões, aos forasteiros de passagem, numa palavra, ele se torna o provedor de todos os que se encontram em necessidade." (JUSTINO MÁRTIR, 100 A 165 d.C.).
Dízimo é veterotestamentário .

As unicas referencias a pratica do Dizimo pela igreja cristã estao no didaque!

vamos ver o que o didaque dizia sobre isso
( o didaque e o documento cristao da tradiçao oral mais antigo )data do ano 145 +-

A VIDA EM COMUNIDADE CAPÍTULO XI
4 Todo apóstolo que vem até você deve ser recebido como o próprio Senhor.

5 Ele não deve ficar mais que um dia ou, se necessário, mais outro. Se ficar três dias é um falso profeta.

6 Ao partir, o apóstolo não deve levar nada a não ser o pão necessário para chegar ao lugar o nde deve parar. Se pedir dinheiro é um falso profeta.

CAPÍTULO XII

2 Se o hóspede estiver de passagem, dê-lhe ajuda no que puder. Entretanto, ele não deve permanecer com você mais que dois ou três dias, se necessário.

3 Se quiser se estabelecer e tiver uma profissão, então que trabalhe para se sustentar.

4 Porém, se ele não tiver profissão, proceda de acordo com a prudência, para que um cristão não viva ociosamente em seu meio.

5 Se ele não aceitar isso, trata-se de um comerciante de Cristo. Tenha cuidado com essa gente!


Rom 15:26 - Porque pareceu bem à Macedônia e à Acaia fazerem uma coleta para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém.

1Co 16:1 - ORA, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei às igrejas da Galácia.


OBS: essa tradiçao foi compilada e circulava entre as igrejas igual as cartas paulinas e tinha como objetivo orientar os cristaos ou pastores locais sobre o proceder em varias cituaçoes

SOU CONTRA A OBRIGATORIEDADE DO DIZIMO!
Sou contra as ameaças de maldiçoes aos nao dizimistas,
Sou contra a forma como ele é cobrado é como é usado, pois biblicamente falando se cobramos os dizimos parte deles deveria ser usado para: sustento de viuvas , orfaos e nescessitados (desemporegados).
Sou contra pregarmos a obrigatoriedade dos dizimos é nao cumprirmos para com os orfaos ,viuvas e nescessitados suas obrigaçoes conforme a lei:

1/3 para o sacerdote e sua familia e claro inclsuive os levitas

1/3 para a manutençao do tabernaculo e mais tarde o templo

1/3 para os pobres e nescessitados ,viuvas orfaos (contexto atual seria uma passagem de onibus , conta de luz, agua , gás, remedios etc)

CREIO QUE se ensinassem o correto para A GRAÇA aos crentes que as contribuiçoes devem ser conforme os versiculos abaixo com certeza as rendas seriam maiores e nao teriamos nescessutados algum em nossas igrejas:

Ato 9:36 - E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estavacheia de boas obras e esmolas que fazia.

Efe 2:10 - Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.

1Ti 2:10 - Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.

1Ti 5:10 - Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra.

1Ti 5:25 - Assim mesmo também as boas obras são manifestas, e as que são de outra maneira não podem ocultar-se.

1Ti 6:18 - Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis;

Tit 2:7 - Em tudo te dá por exemplo de boas obras;na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade,

Tit 2:14 - O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.

Tit 3:8 - Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.

Tit 3:14 - E os nossos aprendam também a aplicar-se às boas obras, nas coisas necessárias, para que não sejam infrutuosos.

Heb 10:24 - E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,

1Pe 2:12 - Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem.

Para completar meu pensamento sobre esta questao surge a interrogaçao sobre como uma igreja sobrevive sem cobrar dizimos ? Muito simples com ensinamentos corretos sobre as contribuiçoes na GRAÇA! COMO VIVEM OU SOBREVIVEM AS IGREJAS QUE NAO COBRAM DIZIMOS? no Brasil TEMOS ALGUMAS DENOMINAÇOES QUE NAO COBRAM DIZIMOS E SAO muito prosperas! temos tambem seitas que nao recebem dizimos mas sao altamente organizadas e seus ministros ganham salarios .
fonte de consulta :


0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.