Angela Natel On domingo, 26 de julho de 2009 At 06:24
Deus não enviou profetas somente para Israel - o objetivo de Deus sempre foi o de salvar e abençoar todas as nações da terra.
Quando Deus chamou Abrão e o escolheu para ser pai de uma nação, disse claramente que o propósito era que essa nação fosse bênção para todas as famílias da terra (conferir Gênesis 12). Israel foi chamado como povo para testemunhar sobre quem é o verdadeiro Deus e para abençoar todas as nações - com o fim de que todos os povos da terra conheçam quem Deus é e sejam salvos.
Jonas foi enviado para Nínive, a capital do Império dominante naquela época, e maior inimigo de Israel.

O nome ‘Jonas’ significa: “pomba”
Autor: Jonas
Data em que foi escrito: 765 a.C. aproximadamente
Data dos acontecimentos descritos no livro: 793-753 a.C. – Reinado de Jeroboão II – Rei de Israel – 2Rs 14:23-29
Nínive – uma das nações mais antigas, estabelecida por Ninrode (Gênesis 10:11), capital da Assíria, que sempre fora uma ameaça para Israel, mas que na época do profeta Jonas estava em declínio.
Essa é a oportunidade que Deus dá aos inimigos de Israel para se arrependerem e não serem destruídos.
Jonas nasceu em Gate-Efer, a uma hora de distância de Nazaré.
Deus mandou Jonas pregar o arrependimento aos cruéis inimigos em Nínive, capital da Assíria. Mas Jonas odiava e temia aquelas pessoas. Ele não queria que Deus abençoasse Nínive, nem queria lhes dar uma hipótese (chance) para arrependimento. Ele pensava que deveria defender seu país (Israel) e não ajudar os inimigos. Por isso Jonas fugiu em direção oposta àquela para a qual Deus o tinha enviado.
Fugir da ordem de Deus é arranjar problemas. Jonas foi parar dentro de um grande peixe, onde orou a Deus pedindo uma segunda oportunidade. Deus atendeu seu pedido e o peixe vomitou Jonas vivo. O profeta foi para Nínive e pregou. O povo de Nínive se arrependeu de seus pecados e, por isso, Deus não os destruiu.
No capítulo 4 de Jonas, vemos que o profeta não ficou feliz com o resultado, pois desejava que os inimigos de Israel fossem destruídos e não perdoados por Deus.
Vemos como podemos ser egoístas ao pensar em nós mesmos em vez de nos preocuparmos com a salvação das outras pessoas.

Situação do Reino de Israel (Norte)
Época: 931-722 a.C.
Regime: monarquia não dinástica. Contínuos golpes de Estado.
Sistema: tributário
Capital: Samaria
Principais reis: Jeroboão, Amri, Acabe, Jeú, Jeroboão II, Facéia
Religião: adoração a Yahweh; culto nos santuários de Betel e Dã. Introdução oficial do culto ao deus Baal, contra o qual lutaram Elias e Eliseu.
Conflitos com a Fenícia, Aram, Judá e, principalmente contra a Assíria, que se torna grande potência. Tentativa de alianças.
Situação do povo: cada vez mais empobrecido e confuso.
Fim do Reino: Conquistado pela Assíria, se torna colônia.
Jesus mesmo citou o profeta Jonas – veja Mateus 12:38-41.

7 comentários:

Alex disse...

Entendi a cerca do arrependimento do povo de Nínive. Mas acontece qu Deus já havia determinado que destruiria a cidade dentro de 40 dias Jn 3.3, ou seja, profecia( era a palavra de Deus). E um dos atributos de deus é a imutabilidade, então, porque Ele não destruiu?

Anônimo disse...

Infelizmente dentro de nós sempre ha um pouco de Jonas, mas devemos manter nossa fe viva e numca desistir.
silvana

aparecida e zedequias disse...

meu querido alex, o SENHOR DEUS é soberano e poriso nao me pertence questionalo.O quele fez e faz é amor por mim e por vc.A liçao vem logo no final do livro de jonas, confira.

Anônimo disse...

não devemos nos exemir de fazer ou falar o que Deus nos mandou mesmo sendo para os nossos inimigos aqueles que as veses estão do nosso lado andando junto com a gente não foi o caso de Jonas que os seus inimigos não estava juntos a eles mas ele Jonas é que vai até os seus inimigos pois Deus nos conhece e sabe a nossa capacidade de ora e perdoa a queles que tentão nos empedir de caminhar com Deus e fazer a sua vontade foi isso que aconteceu o senhor usou a Jonas perante os seus inimigos para que o povo de ninive soubesse que o senho axalta os umilde e abate os exaltados e o nome do senhor foi gloreficado

Anônimo disse...

é de fundamental emportancia que se nós soubessimos que a cidade de nínive fosse destroida e Deus nos escolhece para ir até aquela cidade falar a respeito de sua destruição e se nós soubessimos que nesta cidade teria muitos dos nossos inimigos consertesa tremeriamos na base e tambem pensariamos em tomar outro destino foi o que aconteceu com Jonas que ao saber que poderia morre nas mãos de seus inimigos preferio modar o seu destino e pagou as consequencias até voltar a tras e fazer a vontade de Deus a final foi ele que o escolheu e chamou pois quando ele chama ele se responsabilisa por todos nós ou seja pelos os seus enviados é por isso que eu te digo se Deus te chamou ele é fiel pra te livra de todos os teus inimigos e problemas que surgirem Deus seja louvado

Anônimo disse...

é de fundamental emportancia que se nós soubessimos que a cidade de nínive fosse destroida e Deus nos escolhece para ir até aquela cidade falar a respeito de sua destruição e se nós soubessimos que nesta cidade teria muitos dos nossos inimigos consertesa tremeriamos na base e tambem pensariamos em tomar outro destino foi o que aconteceu com Jonas que ao saber que poderia morre nas mãos de seus inimigos preferio modar o seu destino e pagou as consequencias até voltar a tras e fazer a vontade de Deus a final foi ele que o escolheu e chamou pois quando ele chama ele se responsabilisa por todos nós ou seja pelos os seus enviados é por isso que eu te digo se Deus te chamou ele é fiel pra te livra de todos os teus inimigos e problemas que surgirem Deus seja louvado

Anônimo disse...

é de fundamental emportancia que se nós soubessimos que a cidade de nínive fosse destroida e Deus nos escolhece para ir até aquela cidade falar a respeito de sua destruição e se nós soubessimos que nesta cidade teria muitos dos nossos inimigos consertesa tremeriamos na base e tambem pensariamos em tomar outro destino foi o que aconteceu com Jonas que ao saber que poderia morre nas mãos de seus inimigos preferio modar o seu destino e pagou as consequencias até voltar a tras e fazer a vontade de Deus a final foi ele que o escolheu e chamou pois quando ele chama ele se responsabilisa por todos nós ou seja pelos os seus enviados é por isso que eu te digo se Deus te chamou ele é fiel pra te livra de todos os teus inimigos e problemas que surgirem Deus seja louvado

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.