Angela Natel On quarta-feira, 29 de abril de 2009 At 15:06

Que bênção poder aprender mais sobre o projeto de Deus para as nossas vidas, não é?


Sem um fundamento firme (praticando aquilo que aprendemos) e sem o rimeiro nível bem estabelecido, bem firme em nossas vidas, não conseguiremos colocar o bloco seguinte, que a Bíblia chama de ‘imposição de mãos’.
O prinípio da imposição de mãos fala de AUTORIDADE ESPIRITUAL.
Mas o que é isso?

Nós já aprendemos que ninguém é tão poderoso como o nosso Deus, então por quê Deus deixa Satanás e seus demônios usarem e destruírem a vida de pessoas?
A resposta está no princípio de AUTORIDADE ESPIRITUAL.

Como Deus criou todas as coisas, Ele tem toda a autoridade sobre Sua criação.

Mas, por ser justo, Ele nos deu a LIVRE ESCOLHA de decidirmos se queremos ou não viver como Ele quer.

Portanto, se decido fazer o que eu quero da minha vida, estou dando autoridade para Satanás e seus demônios sobre mim.

Mas o que isso tem a ver com imposição de mãos?

A Palavra de Deus nos ensina a imposição de mãos (colocar as mãos sobre alguém) como um princípio de TRANSFERÊNCIA de bênção ou maldição, de pecado, de culpa, de poder, de autoridade e de perdão.
#Vamos ler:

Salmo 32:4
Levítico 24:10 a 14

Aqui aprendemos que a bênção é transmitida, é passada pelo toque das mãos do Senhor! Assim como as crianças foram abençoadas quando Ele as tocava, sabemos que a bênção é passada quando colocamos as nossas mãos sobre alguém (imposição de mãos).
Se você ler os capítulos 48 e 49 de Gênesis vai ver como Jacó abençoou seus filhos e netos através da imposição de mãos.

· Mas a maldição também pode ser passada:

#Vamos ler:

Números 27:18 a 23
Números 34:9

Aqui vemos que a maldição e a condenação pelo pecado é passada àqueles que não obedecem nem respeitam a Deus.
* Com as mãos transfere-se culpa pelo pecado!
#Vamos ler:

Levítico 16:21
II Coríntios 6:17
Isaías 52:11
Êxodo 29:10, 15 e 19

Muitas pessoas ficam tão acostumadas a levantar suas mãos sobre outras que não percebem que podem estar condenando outras pessoas. Veja como isso é perigoso.
#Vamos ler:

Malaquias 2:2

Se não buscarmos a santidade e o respeito a Deus, Ele mesmo AMALDIÇOARÁ as pessoas que abençoarmos: estaremos transferindo, passando a nossa culpa também para elas.

Por isso a imposição de mãos é um assunto muito sério e importante para quem é educador!

A nossa santidade é o que temos de mais precioso!!!

#Vamos ler:

1 Timóteo 2:8

* Com as mãos se transfere perdão e purificação de pecados!

# Vamos ler:

Jeremias 1:9

* Com as mãos se transfere poder para a operação de milagres!

# Vamos ler:

Êxodo 8:6 e 17
Êxodo 9:22 e 23
Êxodo 14:21 e 26

É importante perceber que tudo isso acontecia porque Deus ordenava a imposição de mãos, então o poder era passado por causa da autoridade.

* Com as mãos se transfere poder para curar!

# Vamos ler:

Mateus 8:15
Lucas 5:13
Lucas 22:51

*Com as mãos se transfere autoridade para vencer o inimigo!

# Vamos ler:

Exodo 17:8 a 16
II Reis 13:16

* Com as mãos se transfere autoridade espiritual!

#Vamos ler:

Salmo 80:17
Marcos 10:13

* Com as mãos se consagra para o serviço no ministério!

#Vamos ler:

I Timóteo 4:4
Números 8:10

Portanto, vimos 9 (nove) funções da imposição de mãos:
1) Abençoar;
2) Condenar o pecado, amaldiçoar;
3) Transferir culpa;
4) Perdoar;
5) Operar milagres;
6) Realizar curas;
7) Dar autoridade para vencer o inimigo;
8) Transferir autoridade espiritual;
9) Consagrar alguém para o ministério.


Tudo isso está à nossa disposição! Deus nos deu esta importante arma para ajudar em nossas vidas.

MAS ATENÇÃO!

Leia 1 Timóteo 5:22

É exatamente por causa do tanto de coisas que podem acontecer no Reino espiritual quando alguém impõe suas mãos sobre outro, é que o princípio de imposição de mãos deve ser seguido com muito cuidado.

A melhor maneira de usar a imposição de mãos é viver uma vida sem pecado.

Vamos ler 1 João 5:18

Por isso você precisa aprender a impôr tuas mãos sobre as crianças, sobre outras pessoas, e abençoá-las, orar por aquelas que têm enfermidades e ensiná-las a respeito da imposição de mãos.

Lembre-se que a imposição de mãos faz parte do nosso chamado!

# Vamos ler:

Marcos 16:15-18

Leia mais uma vez o vers”iculo 18 e veja que o poder para curar enfermos é dado pela imposição de mãos!
Hoje tivemos um estudo bem aprofundado sobre a imposição de mãos. Busque praticá-la na tua vida! Busque conhecer mais deste princípio da Palavra de Deus! Há muito mais que Deus quer revelar especificamente para você!


* Para memorizar: I Timóteo 5:22

“U nga hatliseli ku tlhandleka munhu mavoko, na swona u nga tinghenisi eswidyohweni swa un’wana munhu. Tihlayise, u tshama u tengile.”
(I Timotiya 5:22)

1 comentários:

Maria Ienke disse...

Passando aqui para divulgar meu novo blog!
http://dicasdesorte.blogspot.com/
Entra lá e me diz o que você acha!
Beijos e obrigada!!!

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.