Angela Natel On sábado, 7 de março de 2009 At 07:17
Vamos iniciar a publicação de uma série de estudos sobre o ensinamento Bíblico a respeito das alianças.


A FIDELIDADE DE DEUS NA ALIANÇA:

Hebreus 6:13-19 – Deus entrou ao nível do homem e fez um juramento. Ele chegou ao extremo por causa da nossa descrença. V.19
Não fosse o pecado, nossa resposta a qualquer palavra de Deus seria um ato de fé. Deus tem feito muito para ter intimidade conosco.

ALIANÇA – A Bíblia é o livro das alianças.
Velho Testamento = Velha aliança
Novo Testamento = Nova aliança.
Dentro dos 66 livros achamos 9 principais alianças.

1.1. QUE É UMA ALIANÇA?

Hebreus 8:6, 7 – Há uma aliança que culmina com Jesus!

O Velho Testamento foi escrito originalmente em hebraico. O Novo Testamento foi escrito originalmente em aramaico.

Aliança no hebraico: BERITE = cortar com derramamento de sangue.

O direito de aliança de sangue é uma forma de um contrato feito pela mistura de sangue permitindo que haja um relacionamento de amigos, irmãos ou mais que irmãos. – João 6:54-56.
Mistura – tua vida entrou na minha e a minha vida entrou na tua. Você não pode negar NADA ao parceiro de aliança. Na aliança tudo se torna comum – bens e dívidas.
Até Satanás faz alianças de sangue, pois ele sabe que no reino espiritual isso tem um peso enorme.

Deus veio ao homem via aliança de sangue – NADA LHE POSSO NEGAR EM CRISTO, O MEDIADOR DA ALIANÇA, NADA ME PODE NEGAR – aliança.

Em português – acordo para fazer algo específico.

BERITE = caminhar por entre as partes – Gn. 15:17; Jr.34:18.
Acordo eterno: caminhar por entre as duas partes de um animal sacrificado para este fim, em forma de 8 – infinito. Quem não cumpre os termos da aliança terá o mesmo fim do animal – tem que morrer.
DIATIKE (grego): descrição, testamento, prescrição legal feita por uma parte que tem poder, cabendo à outra parte aceitar ou rejeitar, mas não alterar. Gl. 3:15 – Esta é a aliança de Deus! Cabe a você aceitá-la!


DEFINIÇÃO DE ALIANÇA:

Ml. 2:14 – Casamento é uma aliança de sangue, força permanente (no casamento: “até que a morte os separe”, em Cristo Jesus: “para todo o sempre”). É por isso que Deus chama casamento de uma aliança de sangue, porque a aliança é algo permanente. No português é o único lugar onde o anel tem seu nome original: aliança. O rompimento do hímen da mulher é a aliança. Êx. 20:14 – O adultério é tão sério que cancela a aliança (divórcio).
Mt. 5:27; 1a Co. 6:18; 10:8 – Adúlteros incluem os que têm intimidade fora do casamento. Gl. 5:19.
Devemos ajustar-nos aos preceitos da Bíblia. A Bíblia usa o casamento porque deve refletir o relacionamento entre nós e o Criador. Sl. 25:14; Gn. 21:22-25.
Pv. 2:17 – Do ponto de vista de Deus, as alianças humanas refletem as alianças divinas. – Gl. 3:15 – A minha vida está entrando na tua e a tua na minha.
Há quatro elementos da aliança interpessoal:
a) Atração piedosa: Uma atração para uma direção centrada em Deus. “Deus é contigo”.
b) Juramento verbal: Formulação de uma aliança nas palavras de um juramento. “Jura-me”.
c) Responsabilidade e integridade: O compromisso de lidar corretamente com integridade um com o outro.
d) Compromisso: Continuação da aliança com os descendentes.
Gn. 26:26-31 – Abraão foi um homem de alianças.

EXEMPLO DE ALIANÇA:

1a Sm. 18:1; 20:8 – A base desta aliança está no Senhor. Onde tem dois crentes, tem um espírito, mas nem sempre tem uma alma. Aqui, nesta aliança há uma só alma.
Deus é o centro de qualquer compromisso porque vamos refletir os compromissos de Deus, que está em nós. Deus é um Deus que se relaciona. – 1a Sm. 18:1 – Ter a mesma alma é olhar na mesma direção. – 1a Sm. 20:17; Lv. 19:18 – Isto leva a uma declaração verbal. – 1a Sm. 18:3.
Em cada ato do povo hebreu há alguma coisa profunda envolvida. 1a Sm. 23:18 – Saul era o velho mover, Davi o novo mover. Jônatas tinha que escolher, e morreu com suas escolhas. – 1a Sm. 20:17, 42 – “Em nome do Senhor”.

Aliança em si é uma dupla garantia de paz entre eles; juraram, e o fizeram em nome do Senhor. A aliança dá um relaxamento, sem medo de ser retraído pelo outro. Jônatas sabia que Davi fora ungido. E Jônatas foi para casa descansado. Havia uma aliança que era centralizada em Deus.
Pessoas defendem o homossexualismo com este texto porque estão centralizadas no sexo. Aqui é uma aliança de alma! Algo entre Jônatas, Davi e Deus! – 1a Sm. 20:23 – Ambos estavam voltados para Deus, que deve ser o centro de todas as coisas.

Há sempre uma divisão quando as pessoas tomam direções opostas (Am. 3:3). Deus tem que ser o centro, então não há perigo de divisão. – 1a Sm. 18:4 – “Preferindo um ao outro”.
a) Almas ligadas;
b) Garantia verbal;
c) Centralidade em Deus;
d) Preferindo um ao outro;
e) Compromisso leva à autoridade;
f) Lealdade e responsabilidade moral.

A capa simbolizava a posição de príncipe herdeiro. É uma aliança desigual como entre Deus e eu. Deus nos dá vestes de justiça, e nós? Pecado! Tudo o que é de um, é de outro.
Na Igreja primitiva ninguém considerava seu o que era seu, mas sim dos outros. – At.20:35. Pessoas dedicadas a Deus são dedicadas em suas alianças, assim como Davi. Mesmo subindo nas posições, não se esquece da aliança. Quem tem coração de aliança não esquece os fundamentos. 1a Sm. 23:17 – Jônatas crê na profecia de Deus!

Os laços da aliança são mais fortes do que os laços consangüíneos. Jônatas não só põe o trono de seu pai em perigo, como também o seu próprio.- Rm. 12:10; Jo. 3:30 – Compromisso leva à autoridade.
A aliança jamais perde de vista a questão da autoridade. Nenhuma aliança exclui o reconhecimento de autoridade.
Deus vem a nós mediante Jesus. Jesus tem nos chamado amigos, mas sempre estará em posição de autoridade em relação a nós.

Lealdade e responsabilidade moral – 1a Sm. 20:8 – Nossas alianças devem ser no Senhor. Há uma responsabilidade moral. O fato de se ter uma aliança não impede um de mostrar o erro do outro, confrontá-lo quando aquele estiver em erro – base de sinceridade.
Há uma proteção na aliança – 1a Sm. 20:9 – Jônatas sabe que Davi não fez nada, então quase dá sua vida por Davi – 1a Sm. 19:4.
Jesus está diante do trono do Pai sempre, pedindo em nosso favor, falando bem de nós.

ALIANÇA ENTRE DEUS E O HOMEM:

Sl. 25:14 (e.g. Gn. 9:9 em diante). Êx. 2:24
Todas as alianças entre Deus e os homens foram iniciadas por Deus. É um contrato feito por Deus e estabelecido, e apresentado ao homem, que aceitará ou rejeitará, mas não modificará nem alterará. – Gl. 3:17 – É impossível cancelar – Rm. 15:8 – por mais pecadores que sejamos. Deus NUNCA violará Sua Palavra. Somente Ele tem a mente, habilidade e autoridade de tornar possíveis as alianças aos homens.

BERITE = derramar sangue – Hb. 13:5, 6 – Deus faz isso por causa da aliança. Aliança de sangue é a base do nosso relacionamento com Deus.
A vida cristã não é responsabilidade, é uma resposta ao que Deus oferece a nós. Você pode descansar apoiado na aliança! Você tem uma aliança com Deus!

ASPECTOS DO CARÁTER DE DEUS NA ALIANÇA:

a) Deus é o estabelecedor da aliança. Gn. 6:18; 15:18; 17:2; 1a Sm. 23:5; Jr.31:31-33; Is. 55:3 (aliança perpétua); 61:8 (aliança eterna) – é Deus!
b) Deus é o guardador da aliança. Dt. 7:9 – A aliança de Deus ultrapassa você! Israel até hoje é abençoado! 2a Cr. 6:14; Sl. 111:9. É uma aliança pra valer!
c) Deus é o revelador da aliança. Sl. 25:14. Feliz o homem que tem alianças com Deus! O cristianismo hoje está podre porque ignoramos a corrente principal da Palavra de Deus: as alianças! Dt. 4:13 – Ele revelou!
d) Deus é o capacitador da aliança. Ele me habilita a receber a aliança. Ef. 2:4-14. Nós estamos unidos pela mesma aliança.

POR QUE FAZER UMA ALIANÇA?

a) Para prover um senso de compromisso nas relações interpessoais. Js. 9:14, 15, 20 – Uma vez que a aliança é feita, é irrevogável. Você já fez uma aliança com Deus? Qual é a sua atitude para com os compromissos com Ele? Js. 9:1-27 – Hoje sofremos conseqüências de pecado de governantes que não cumpriram a aliança. A aliança é algo tão sagrado que, ou traz bênção, ou traz maldição. Quem não cumpre sua palavra nunca será fiel a uma aliança. Estabelecemos aliança com quem recebe o nosso voto, então até nisso oremos a Deus, consultemos a Ele para não pecar como Josué. O dever da aliança é orar pelos eleitos e pelo temor do Senhor. Ez. 17:11-13 – Se fizermos uma aliança com Ele, não há como quebrá-la! Quem quebra uma aliança com Deus facilmente quebra a aliança com os outros. – Ez. 17:14-16; Gl. 3:15 – Onde há quebra de aliança a morte acontece. Por isso é que há tanta morte em nossos dias. – Ez. 17:17-20 – A fonte de todo pecado é a quebra e a traição da aliança. – Ez. 17:21. Quem faz uma aliança cria um senso de segurança. – Sl. 15:4; Ml. 2:14 – “Ninguém com resto de bom senso o faria”. – Ml. 2:15, 16. Quebrar uma aliança é para quem não tem nem um pingo de senso. É forte, mas não é mentira! Onde há quebra de aliança alguém tem que morrer – Jr.34:8-19.

b) Proteção – não há ninguém na terra que, tomando conhecimento da profundidade do plano de Deus, irá resistir! Deus, no Seu amor infinito, é Aquele que vem fazer com você uma aliança de proteção. Deus dá tudo o que é dEle para aquele que diz: “Sim, eu aceito esta aliança”. E como amigo de Deus você pode descansar porque tudo o que é dEle é seu também. Só encontramos a razão de viver quando nos voltamos para Deus – Zc. 2:8. Os descendentes de Jônatas foram poupados por causa da aliança – 2a Sm. 21:1-3, 14. Se não estamos recebendo as bênçãos da aliança há um bloqueio no reino do espírito. A aliança permanece. Quando estou em aliança com Deus, quem vem contra mim vem contra a menina dos olhos de Deus – Sl. 105:15.

c) Negócio – para que um não prejudique o outro (e.g.: Labão e Jacó – Gn.31).

d) Amor – motivo pelo qual Deus faz aliança conosco. – Rm.5:8. Aquele que é onipotente, onisciente, onipresente, auto-suficiente, eterno, o Grande, Maravilhoso, entra num corpo físico, limitado, sujeito a doenças, cansaço, a todo tipo de tentações, e o desprezo daquele que é a expressão da Sua própria criação! 1a Co.13:4.


COMO O RELACIONAMENTO DE ALIANÇA É ESTABELECIDO?

É através das alianças que Deus tenta se relacionar com os homens.

1o) Por chamado: Rm.8:28-30. Deus estava por trás antes da minha e da tua gestação. Eu fui chamado para ser um dos irmãos do PRIMOGÊNITO Jesus! É prerrogativa de Deus oferecer todas as Suas alianças a todo aquele que as escolhe. Ne.9:7, 8; At.7:1-8. O homem responde a Deus e a aliança é estabelecida. Gn.12:1-3.

2o) Por entrada: Deus oferece, mas o homem tem que entrar. Dt.29:1, 12; 2a Cr.15:12; Jr.34:10. Se eu entrar, eu me comprometo a guardar. Is.56:4-6 – Deus chama você para uma aliança com Ele!

3o) Observância: Deus disse a Isaías que, por causa da observância da aliança e seus ritos, a aliança chegaria às pessoas. Ez.16:8 – Deus entra. Aquele que se torna parceiro de aliança com Deus torna-se Sua propriedade. Dt.29:12.
O homem não pode fazer o que só Deus pode fazer, mas Deus não fará o que o homem deve fazer. Só Deus pode começar uma aliança, Ele não vai nos obrigar, só o homem pode e deve responder. Fé e obediência. Hb.11:8
Quem conhece a Deus não tem problemas em respondê-lo. Aceitar cada palavra de Deus numa simples atitude de fé. É o descanso na fé que desencadeia o poder de Deus e traz suas bênçãos para nossa vida. – Is.30:11; Hb.3, 4

“Tudo o que você repete de 10 a 12 vezes, é incorporado em você, e você terá condições de ensinar a outros.” – Hb.3:11, 16-19
A incredulidade sempre nos leva à desobediência. A fé provoca obediência. Lc.11:52; Jo.6:28, 29 – A obra de Deus é ter fé.

Dt.29:9; 33:9- Quer prosperar? Guarde a aliança! Sl.103:17, 18; 111:15; 103:18.
Se eu entro na aliança pela fé e na obediência, como vou mantê-la? Do mesmo modo! As circunstâncias podem ser maiores, mas os princípios de Deus são sempre os mesmos: fé e obediência! – Hb.4:11 – A obediência leva ao descanso. – Hb.5:9; Gn.22:18 – Como entrei na aliança, viverei nela, do mesmo modo.
Gn.26:5 – Até hoje se fala em Abraão. Ele é citado entre árabes, judeus e cristãos por causa da sua obediência. Quando obedecemos, a aliança não morre em nós, ela chega a mudar a vida dos que vivem à nossa volta.
Você não veio para este mundo para vegetar, mas sim deixar uma marca para Deus, sendo um canal de Deus para os que se encontram aqui. – Êx.19:5 – A aliança torna você propriedade do Altíssimo.
Dt.11:27 – Se você entra, guarda, obedece e reflete a aliança pela fé, você vai deixar uma marca no planeta e será muito abençoado.

0 comentários:

Liberdade de Expressão


É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:
“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença"(inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.